Espetáculos

quinta-feira, 31 de agosto de 2017

Os Corcundas será apresentado no Brava neste sábado (02set)

“Os Corcundas”, espetáculo de teatro medieval, de Breno Moroni, será apresentado pelo Circo do Mato neste sábado, dia 02 de setembro, o palco desta vez será o BRAVA, um bar, mais incomum, como se autodenominam, uma plataforma colaborativa com o intuito de somar e unir profissionais regionais, trazendo para Campo Grande uma proposta criativa e inovadora.
Para promover um ambiente mais atrativo, o bar tem convidado atrações artísticas como música e teatro, assim, promovem momentos especiais e únicos.

O espetáculo “Os Corcundas” conta a história de amor entre dois “feios” através da pantomima, os atores usam o gromelô (idioma inventado), tornando-se assim acessível a todos os públicos, já foi atração em vários festivais nacionais e internacionais, como Colômbia, Bolívia e Argentina. “Pela linguagem utilizada, tanto corporal como verbal, a peça é muito bem aceita pelos vários públicos e nações” diz Laila Pulchério, diretora de produção do Circo do Mato.

Os Corcundas será apresentado no 8º FIT – Festival Internacional de Teatro de Dourados no dia 16 de setembro e aguarda apoio para compras de passagens, para levarem a obra para o Festival Ventana Internacional de Artes Escénicas a realizar-se em Mendoza na Argentina no início de outubro próximo.



Iva - Luciana Kreutzer - Bar da Valu 2014 - foto: Larissa Pulchério

Sinopse
Uma pantomima que conta a saga de dois corcundas errantes: ele, o Corcunda, simpático, feio e puro! Como um cão, tenta ser amigo, mas tem medo dos homens! Ela, a Corcunda, é feia e brincalhona. Esperta como um macaco, não percebe a opinião ou lógica das pessoas. Depois de caminharem pelo mundo, sem nada para vender ou comprar, são arrebatados por um amor sincero, avassalador, verdadeiro, engraçado e puro. Um espetáculo que diverte e emociona!


Dão e Iva - Mauro Guimarães e Luciana Kreutzer - Bar da Valu 2014 - foto: Larissa Pulchério

No elenco: Mauro Guimarães e Luciana Kreutzer
Produção executiva, operação de luz e som: Laila Pulchério
Fotografia: Larissa Pulchério e Laila Pulchério

Local: BRAVA – Av. Calógeras 3.100 – Esplanada Ferroviária
Horário da apresentação: 20h57

Duração: 50 minutos
Entrada franca (Chapéu democrático)

Mais informações "Os Corcundas" http://circodomato.blogspot.com.br/p/espetaculos.html


Contatos:
Circo do Mato - Laila Pulchério 67 99912-1420 / 3026-5767
BRAVA – Léo Soldati 9 8122-1909 / 3253-3795

sexta-feira, 25 de agosto de 2017

Homenagem a Campo Grande





Circo do Mato busca apoio para participação em festival internacional de teatro na Argentina


O Circo do Mato grupo de Artes Cênicas, de Campo Grande, busca apoio para participar do Festival Ventana Internacional de Artes Escénicas a realizar-se em Mendoza / Argentina; o evento acontecerá entre os dias 2 e 8 de outubro próximo; o grupo foi convidado a levar o espetáculo “OS CORCUNDAS” de Breno Moroni.

A proposta recebida inclui a participação do grupo e do diretor em uma série de atividades conjuntas, como o envolvimento de Breno Moroni e o grupo em uma palestra sobre "Novo Circo".

O Circo do Mato atua formalmente em Campo Grande desde 2004 e é um dos poucos grupos do Estado que já participou de festivais em outros países; já levou seus trabalhos para Peru, Argentina, Colômbia, Equador, Bolívia e Paraguai, além de outros no Brasil.

O grupo recebe convites internacionais todo ano, porém por razões financeiras, nem sempre é possível participar, o que é lamentável, visto que esta é uma forma de levarmos o nome da cidade, estado e país para outros países e fazermos um importante intercâmbio cultural. Sempre que viajamos para fora do país, levamos material de outros grupos e artistas para serem distribuídos por lá, com a intenção de divulgar nossa cultura e promover, mesmo que minimamente, a arte produzida em Mato Grosso do Sul e também de outros locais do país”, diz Laila Pulchério, produtora executiva do grupo.

O espetáculo “Os Corcundas” foi montado pelo seu autor/diretor na Europa em 2007 onde circulou por alguns países como Portugal e Itália; em 2011 Breno veio a Campo Grande participar da III Pantalhaços – Mostra de Palhaços do Pantanal à convite do Circo do Mato e Flor e Espinho Teatro, produtores da Mostra; foi quando Breno fez o convite ao grupo para a montagem do espetáculo. De lá para cá, “Os Corcundas” já circulou por vários municípios de Mato Grosso do Sul, foi apresentado em vários Festivais Nacionais e Internacionais na Colômbia, Bolívia, Argentina e no Brasil, participou de festivais ainda no Rio de Janeiro e Goiás.

Os Corcundas - Goiânia GO 2014 - foto Laila Pulchério

O Corcunda Dão - Rio Negro COLÔMBIA 2012 - foto Laila Pulchério 

Os Corcundas - Campo Grande MS 2017 - Foto Larissa Pulchério

A intenção deste apelo, é conseguir 4 passagens aéreas para o grupo não perder mais esta oportunidade de intercâmbio cultural tão importante.

Dados bancários para doação:

CIRCO DO MATO – GRUPO DE ARTES CÊNICAS
CNPJ 07.036.069/0001-14
CAIXA ECONÔMICA FEDERAL
AGÊNCIA 0258
VARIAÇÃO 003
CONTA CORRENTE 650-3

OU

LAILA SAAD PULCHÉRIO
CPF 286.550.601-00
BANCO DO BRASIL
AGÊNCIA 2951-3
CONTA CORRENTE 270.490-0

Os Corcundas é uma peça de teatro medieval encenada pelos atores Luciana Kreutzer e Mauro Guimarães. Uma pantomima que conta a saga de dois corcundas errantes: ele, o Corcunda, simpático, feio e puro! Como um cão, tenta ser amigo, mas, tem medo dos homens! Ela, a Corcunda, é feia e brincalhona. Esperta como um macaco, não percebe a opinião ou lógica das pessoas. Depois de caminharem pelo mundo, sem nada para vender ou comprar, são arrebatados por um amor sincero, avassalador, verdadeiro, engraçado e puro. Um espetáculo que diverte e emociona!



Críticas
O espetáculo poderia resvalar para uma mensagem politicamente correta ou pedagogizante do respeito da diferença, tão comum quando os artistas querem educar seu público, mas não é isto que ocorre. Ao contrário, com a força transgressora do bufão e do teatro o espetáculo Os Corcundas vai além. Promove o encontro com as diferenças, a resignificação da morte, do sexo, da pobreza. Temas, ainda tabus no teatro, mas que o espetáculo aborda com uma qualidade impar.” trecho da crítica de *Narciso Telles por ocasião Do 5º FESTCAMP.

*ator, performer, diretor, professor do Curso de Teatro e do Programa de Pós-Graduação em Artes da Universidade Federal de Uberlândia (UFU), Doutor em Teatro pela UNIRIO (2007).
http://festcamp.blogspot.com.br/p/narciso.html

Apesar de sua simplicidade, o contexto da narrativa nos traz grandes temas para debate e reflexão: a exploração humana, a discriminação, a fome, a pobreza, a generosidade... o fato de ser simples, no caso de Os corcundas, não significa pouca profundidade ou densidade, mas sim ter leveza na condução e na apresentação desses e outros temas. Daquelas obras que te prendem do começo ao fim e trazem alívio à alma!”

A peça é circo, é teatro, é vida, é paixão, é interação, é mescla, é para adultos, é para crianças, é para jovens, é para ganhar o mundo!
por Anny e Leonardo - blog http://www.casalentrelivros.com.br/2016/11/um-olhar-sobre-peca-os-corcundas.html

“O grupo disponibiliza seu blog e redes sociais para quem quiser conhecer melhor seu trabalho e contando com apoio e colaboração, o grupo agradece desde já e promete fazer jus ao empenho e confiança creditados a nós!” conclui Laila.

Contatos: 67 99912-1420 Laila / 67 99909-9208 Mauro
email: circodomato@gmail.com
Blog: http://circodomato.blogspot.com.br/
https://www.facebook.com/CircodoMato/
https://www.facebook.com/oscorcundasbrenomoroni/