Espetáculos

sexta-feira, 25 de agosto de 2017

Circo do Mato busca apoio para participação em festival internacional de teatro na Argentina


O Circo do Mato grupo de Artes Cênicas, de Campo Grande, busca apoio para participar do Festival Ventana Internacional de Artes Escénicas a realizar-se em Mendoza / Argentina; o evento acontecerá entre os dias 2 e 8 de outubro próximo; o grupo foi convidado a levar o espetáculo “OS CORCUNDAS” de Breno Moroni.

A proposta recebida inclui a participação do grupo e do diretor em uma série de atividades conjuntas, como o envolvimento de Breno Moroni e o grupo em uma palestra sobre "Novo Circo".

O Circo do Mato atua formalmente em Campo Grande desde 2004 e é um dos poucos grupos do Estado que já participou de festivais em outros países; já levou seus trabalhos para Peru, Argentina, Colômbia, Equador, Bolívia e Paraguai, além de outros no Brasil.

O grupo recebe convites internacionais todo ano, porém por razões financeiras, nem sempre é possível participar, o que é lamentável, visto que esta é uma forma de levarmos o nome da cidade, estado e país para outros países e fazermos um importante intercâmbio cultural. Sempre que viajamos para fora do país, levamos material de outros grupos e artistas para serem distribuídos por lá, com a intenção de divulgar nossa cultura e promover, mesmo que minimamente, a arte produzida em Mato Grosso do Sul e também de outros locais do país”, diz Laila Pulchério, produtora executiva do grupo.

O espetáculo “Os Corcundas” foi montado pelo seu autor/diretor na Europa em 2007 onde circulou por alguns países como Portugal e Itália; em 2011 Breno veio a Campo Grande participar da III Pantalhaços – Mostra de Palhaços do Pantanal à convite do Circo do Mato e Flor e Espinho Teatro, produtores da Mostra; foi quando Breno fez o convite ao grupo para a montagem do espetáculo. De lá para cá, “Os Corcundas” já circulou por vários municípios de Mato Grosso do Sul, foi apresentado em vários Festivais Nacionais e Internacionais na Colômbia, Bolívia, Argentina e no Brasil, participou de festivais ainda no Rio de Janeiro e Goiás.

Os Corcundas - Goiânia GO 2014 - foto Laila Pulchério

O Corcunda Dão - Rio Negro COLÔMBIA 2012 - foto Laila Pulchério 

Os Corcundas - Campo Grande MS 2017 - Foto Larissa Pulchério

A intenção deste apelo, é conseguir 4 passagens aéreas para o grupo não perder mais esta oportunidade de intercâmbio cultural tão importante.

Dados bancários para doação:

CIRCO DO MATO – GRUPO DE ARTES CÊNICAS
CNPJ 07.036.069/0001-14
CAIXA ECONÔMICA FEDERAL
AGÊNCIA 0258
VARIAÇÃO 003
CONTA CORRENTE 650-3

OU

LAILA SAAD PULCHÉRIO
CPF 286.550.601-00
BANCO DO BRASIL
AGÊNCIA 2951-3
CONTA CORRENTE 270.490-0

Os Corcundas é uma peça de teatro medieval encenada pelos atores Luciana Kreutzer e Mauro Guimarães. Uma pantomima que conta a saga de dois corcundas errantes: ele, o Corcunda, simpático, feio e puro! Como um cão, tenta ser amigo, mas, tem medo dos homens! Ela, a Corcunda, é feia e brincalhona. Esperta como um macaco, não percebe a opinião ou lógica das pessoas. Depois de caminharem pelo mundo, sem nada para vender ou comprar, são arrebatados por um amor sincero, avassalador, verdadeiro, engraçado e puro. Um espetáculo que diverte e emociona!



Críticas
O espetáculo poderia resvalar para uma mensagem politicamente correta ou pedagogizante do respeito da diferença, tão comum quando os artistas querem educar seu público, mas não é isto que ocorre. Ao contrário, com a força transgressora do bufão e do teatro o espetáculo Os Corcundas vai além. Promove o encontro com as diferenças, a resignificação da morte, do sexo, da pobreza. Temas, ainda tabus no teatro, mas que o espetáculo aborda com uma qualidade impar.” trecho da crítica de *Narciso Telles por ocasião Do 5º FESTCAMP.

*ator, performer, diretor, professor do Curso de Teatro e do Programa de Pós-Graduação em Artes da Universidade Federal de Uberlândia (UFU), Doutor em Teatro pela UNIRIO (2007).
http://festcamp.blogspot.com.br/p/narciso.html

Apesar de sua simplicidade, o contexto da narrativa nos traz grandes temas para debate e reflexão: a exploração humana, a discriminação, a fome, a pobreza, a generosidade... o fato de ser simples, no caso de Os corcundas, não significa pouca profundidade ou densidade, mas sim ter leveza na condução e na apresentação desses e outros temas. Daquelas obras que te prendem do começo ao fim e trazem alívio à alma!”

A peça é circo, é teatro, é vida, é paixão, é interação, é mescla, é para adultos, é para crianças, é para jovens, é para ganhar o mundo!
por Anny e Leonardo - blog http://www.casalentrelivros.com.br/2016/11/um-olhar-sobre-peca-os-corcundas.html

“O grupo disponibiliza seu blog e redes sociais para quem quiser conhecer melhor seu trabalho e contando com apoio e colaboração, o grupo agradece desde já e promete fazer jus ao empenho e confiança creditados a nós!” conclui Laila.

Contatos: 67 99912-1420 Laila / 67 99909-9208 Mauro
email: circodomato@gmail.com
Blog: http://circodomato.blogspot.com.br/
https://www.facebook.com/CircodoMato/
https://www.facebook.com/oscorcundasbrenomoroni/

Nenhum comentário:

Postar um comentário